Quais as chances e riscos da gravidez após os 50 anos de idade?

Quais as chances e riscos da gravidez após os 50 anos de idade?

Share With Your Friends

Redação – redacao@negrxs50mais.com.br*

Cada vez mais as mulheres adiam o sonho da gravidez. Seja por escolhas da carreira profissional, seja por falta de um “parceiro ideal” ou qualquer outro motivo. Mas, afinal, quem deseja a experiência, até quando deve adiar a gestação natural? E quais as chances da gravidez após os 50? Marcelo Marinho de Souza, diretor médico do Centro de Reprodução Humana Fertipraxis, diz que esta chance é próxima de zero e fala sobre os riscos do processo.

Gravidez após os 50 - Marcelo Mario de Souza
Marcelo Mario de Souza

Segundo o médico, a raridade chances de uma gravidez natural na faixa etária dos 50 se aproximam estatisticamente de 0%. “No caso de um atraso menstrual nesta idade, muito provavelmente estamos diante de uma proximidade da menopausa”. afirma.  Ele diz que os poucos casos evidenciam uma situação de “evento de muito pouca expressão”.

Menopausa chega por volta dos 50

Marcelo explica que, diferentemente dos homens, as mulheres não produzem seus gametas ao longo da vida. Seus óvulos são produzidos quando ainda estão em fase de formação, no útero de sua mãe. O pico de produção ocorre ainda em torno da 20ª semana de gravidez. A partir de então, gradativamente, essa quantidade vai se reduzindo. Quando a quantidade está muito baixa ocorre a menopausa. Geralmente entre os 50 e 51 anos, justamente pela falta dos óvulos.

Gravidez após os 50 - Nappy - @__dahc
Foto: Nappy – @__dahc

Por volta dos 35 a 37 anos de idade, dois fenômenos já muito bem esclarecidos surgem na vida reprodutiva das mulheres. Primeiro, a velocidade de perda desses óvulos aumenta. Segundo, a qualidade dos óvulos restantes começa a diminuir. Assim, aumenta a probabilidade de os óvulos gerarem embriões com problemas de ordem cromossômica.

Por isso as chances de gestação, seja de modo espontâneo ou de forma assistida, diminuem gradativamente a partir desta idade. “Alguns trabalhos apontam que este cenário se dá a um ponto que as chances de gravidez entre 41 e 42 anos sejam inferiores a 4% por mês de tentativa. Daí até os 45 anos podemos estimar como chance em torno de 1%, ao longo de um ano de tentativas. Algo em torno de 0,2 % por mês de tentativa”, completa.

Sêmens perdem qualidade após os 45

A capacidade reprodutiva tem a sua própria dinâmica e os níveis de fertilidade e chances de gravidez variam de acordo com cada faixa etária. No que se refere à fertilidade, tanto mulheres quanto homens são impactados pelo envelhecimento, embora o sexo feminino seja mais afetado. Nos homens, em geral, há uma diminuição da qualidade do sêmen após os 45 anos de idade. 

gravidez após os 50 - Maria do Carmo Borges
Maria do Carmo Borges

“Para saber se um embrião gerado por uma mulher com mais de 40 anos tem qualidade, existe o teste genético pré-implantacional. Com ele é possível identificar se ele é euploide. Esse nome é dado àqueles que têm os cromossomos em número esperado de 46 (23 pares)  – e com as informações genéticas que vem de cada um dos pais bem-organizadas. Se todas as instruções contidas nos cromossomas estiverem certinhas, as chances de gravidez são praticamente iguais, independentemente da idade’, explica Maria do Carmo Borges, especialista em reprodução humana da Fertipraxis.  

Opção pode ser reserva de óvulos

gravidez após os 50 - Roberto Azevedo antunes
Roberto de Azevedo Antunes

Por isso, é recomendado que todas as mulheres jovens façam avaliação de suas reservas ovariana. Esse rastreio pode significar a diferença entre conseguir engravidar futuramente com óvulos próprios”, explica Roberto de Azevedo Antunes.   

Muito estresse em relação à qualidade dos óvulos poderia ser evitado caso as mulheres se precavessem e congelassem seus óvulos antes dos 35 anos, diz Marcelo Marinho de Souza. O médico recomenda ainda a prática de hábitos e alimentação saudáveis. Fatores que posteriormente favorecem o sucesso da fertilização .

Chances de gravidez e riscos na gestação, por idade  

20 anos+ – A partir dos 20 e poucos anos, a qualidade dos óvulos  já começa a ser decrescente.  

25 aos 29 anos – chances grandes de gestação com baixos riscos de complicações na gravidez e no pós-parto.  

gravidez após os 50- riscos- pregnant-woman-yoga

29 aos 35 anos – a qualidade dos óvulos ainda é considerada boa e as chances de gravidez ainda são consistentes.  

35 anos+ –  A partir dessa idade, as dificuldades de engravidar ficam maiores a cada ano e engravidar após os 40 aumenta e muito o risco de complicações. Dificilmente a mulher consegue engravidar sem o auxílio médico. Seja por medicamento ou por meio da fertilização in vitro, por exemplo.  

48 – 49 anos  Mulheres nessa faixa que ainda menstruam, de forma irregular, acreditam que podem engravidar sem grandes problemas. Não é verdade, pois já estão na pré-menopausa. A menstruação normal não significa que a ovulação esteja dentro dos padrões desejáveis.   

*Texto original publicado em: Vida&Ação (canal de informação, divulgação e educação sobre temas relacionados à saúde, bem-estar e sustentabilidade.)

Imagens: em destaque Terry Thomas from Pixabay; Dahcia Lyons-Bastien@__dahc – Nappy ; ilustração Yoga por Pixabay  e Febrapraxis

Leia também:

negrxs50mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *