Escrita Preta com Dona Mazé

Escrita Preta com Dona Mazé

Share With Your Friends

Mazé, de 76 anos, é a poeta que inaugura o espaço Escrita Preta. Descendente de africanos de linhagem Bantu, ela conta – na escrita e na oralidade – histórias que viveu e as que ouviu do bisavô e do avô, mantendo viva a tradição de um povo.

Rotatividade

Perde-se o amor
Ficam-se os sonhos
Vão-se os sonhos
Ficam  as lembranças

Vão-se as lembranças
Fica a saudade
E a saudade é vida

Vai-se a vida...
Voltamos novamente
ao ponto de partida

Publicado em Anseios Poéticos
Mazé - poesia - Escrita preta
Mazé

Conjeturas

A insônia rondava o meu quarto. 
Eu sentia uma mágoa e um  vazio muito intensos.

Não sabia o que fazer. Então, me pus a escrever.

A noite avançava. Eu devaneava.

Revivia cenas do passado nas gastas e nebulosas cortina do tempo.

Ao despertar dessa letargia me perguntava: 
Tudo o que escrevi eu realmente vivi?

Ainda agora continuo me perguntando: 
Será se vivi? 
Será se vivo? 
Será se morri?

Publicado em Anseios Poéticos

Seres invisíveis – Dona Mazé traz uma poesia sobre a sociedade frente à pandemia do Covid-19.

Quem é Mazé?

Maria José Delfino ou simplesmente Mazé, como gosta de ser chamada, nasceu na cidade de Lins, em São Paulo, em 16 de abril de 1945. Faz hoje, sexta-feira, 76 anos de idade. Descendente de africanos de linhagem Bantu, sempre gostou muito de escrever e guarda na mente as histórias que seu bisavô e avô lhe contavam. Histórias essas que conta na escrita e na oralidade, mantendo viva a tradição de um povo.

Técnica em enfermagem aposentada, reside em Praia Grande (SP) desde 2008. É autora do livro Anseios Poéticos e pretende publicar todos os seus textos (poesias, crônicas e histórias), para  deixar sua contribuição literária à comunidade.

Livros publicados: Anseios Poéticos

Participação em antologias: Gotas Vinagre vol.3 e Sarau das Ostras 10 Transformando versos em pérolas

Contatos:

O Escrita Preta tem a curadoria do editor e poeta Nego PandaWhatsApp: (13) 996950466 e Instagram@nego_panda – FacebookPoeta da Boêmia

Leia também:

negrxs50mais

2 comentários sobre “Escrita Preta com Dona Mazé

  1. Parabens Deus abencoe seu caminhar querida MAZE.TIVE O PRAZER EM ESTAR COM VC ,SUA PESSOA É ENCANTADORA,SUA SIMPLICIDADES FAZ A DIFERENCA!! SUCESSO SEMPRE.💟🙏😷

  2. Gratidão por me transmitir forças nesse momento difícil em que me encontro, viva a literatura!!!
    Continuarei escrevendo o que vivo.
    Atenciosamente; RafaNaRaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *