O jeans na pele negra: da casualidade à sofisticação, com sustentabilidade

O jeans na pele negra: da casualidade à sofisticação, com sustentabilidade

Share With Your Friends

Patrícia Dias-Moda-Imagem-Negros-marketing Por Patry Dias*

Símbolo da informalidade, vestuário para todos os momentos, o jeans nunca sai de moda. Sem contar que é chique usar o jeans com um blazer e uma camisa branca. Usar o jeans na pele negra permite abusar na tonalidade. Como aproveitar a versatilidade desse tecido é o tema da nossa conversa dessa semana.

jeans - jeans pele negra- casualidade-sofisticação - sustentabilidade

O jeans com o tênis e uma camiseta pode fazer o estilo casual, sendo ótimo para a atividade do dia a dia. No inverno, com um casaco, faz um estilo clássico.

O short jeans usado para ir à praia é uma vestimenta versátil, pois com uma túnica ou uma camisa moderna, você já está pronto para uma happy hour no final da tarde.

Da vestimenta do trabalhador ao mundo da moda

Assim como o jazz fazia com que as pessoas da alta sociedade deixassem a sua sofisticação, para procurar a diversão nos ambientes mais humildes, o jeans migrou da vestimenta do trabalhador para o mundo da moda.  Os jovens na Europa foram os responsáveis pela ascensão do jeans, pois este representava a ruptura com as normas e os códigos estabelecidos, se expandindo pelo mundo. O jeans era o traje da liberdade, flexibilidade e sedução.

jeans- jeans pele negra- sofisticação - casualidade-sustentabilidade

Nos anos 70, o jeans era a melhor roupa casual, empoderando a mulher moderna e emancipada, que até então só andava de vestido ou saia. A calça boca de sino era a sensação dos jovens hippies e presença forte no vestuário das celebridades do rock. Um usuário foi aquele que é considereado como um dos maiores guitarristas do mundo, Jimi Hendrix.

jimi hendrix- jeans- jeans pele negra- sofisticação - casualidade-sustentabilidade

Traje de gala e bordados africanos

Símbolo da irreverência, o jeans geralmente não é usado em uma ocasião mais formal. Porém, muitos estilistas modernos, quebraram o tabu fazendo traje de gala de jeans. Assim, o jeans pode assumir vários estilos, indo também para o segmento afro, com bordados africanos.

No Brasil, a modelagem do jeans foi reconhecida por valorizar as curvas. O auge foi entre os anos 80 e 90, com a famosa calça da Gang.

jeans- jeans pele negra- sofisticação- casualidade- sustentabilidade

Atualmente a variedade do jeans é imensa vai do modelo tradicional ao mais moderno. É um material muito confortável que atende todas as idades e gêneros. Não podemos esquecer que o jeans fica muito bonito na pele negra, podendo abusar das tonalidades mais claras às mais escuras.

Sustentabilidade e durabilidade são marcas

Pela sua durabilidade o jeans pode contribuir com proposta da sustentabilidade. Os especialistas dizem que ele não precisa ser lavado muitas vezes, poupando a água e o fazendo durar por anos.

Se o design do seu jeans está diferente das últimas tendências, você vai estar fashion. Alegre-se, pois o estilo retrô está em alta, além da moda sempre ir e vir.

O jeans é altamente reciclável pois você não precisa descartá-lo, basta customizar. Pode rasgar seu jeans e fazer um estilo despojado. Opções são, por exemplo, cortar sua calça e transformá-la em um short ou numa saia, ou até mesmo uma bolsa. E se você for criativo, pode fazer dos retalhos, acessórios como estojo ou porta níquel.

Se você curtiu esta dica não hesite em usar seu jeans e desfilar a sua beleza negra.

Patrícia Dias – Instagram/Facebook: @patrydiasoficial 

Imagens: Forbes e Levi’s

Leia também:

negrxs50mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *