Festival FALA!, debate diversidade, democracia e tem oficinas gratuitas

Festival FALA!, debate diversidade, democracia e tem oficinas gratuitas

Share With Your Friends

Redação – redacao@negrxs50mais.com.br

Até 8 de outubro, acontece, de forma online, a  segunda edição do FALA! – Festival  de comunicação, culturas e jornalismo de causas. É um evento que debate diversidade, democracia, o futuro do jornalismo e seu papel na sociedade brasileira a partir da perspectiva popular. A transmissão, ao vivo, será no canal do Sesc no YouTube: youtube.com/sescavenidapaulista

Neste sábado, dia 02, às 10 horas, acontece o painel  “Jornalismo e democracia: ou vai ou racha!”, com as presenças das jornalistas Cristina Serra, da Folha de São Paulo, Ana Paula Rosário, do canal Corpo Político e Cecília Olliveira, do The Intercept. A mediação é de Pedro Borges, do Alma Preta Jornalismo.

Festival Fala - Raull Santiago- Sameoa Awiá - Marihene Oliveira - Xico Sá - jornalismo - mediação- mundo moderno- comunicação - jornalismo de causas

Às 15 horas Samela Awiá,  comunicadora da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib); Martihene Keila, jornalista e cofundadora  do coletivo Sargento Perifa (PE) e Xico Sá, jornalista, escritor e colunista  do El País Brasil, debatem “Jornalismo influencer: resistência narrativa nas redes”.  A mediação será do ativista e empreendedor Raull Santiago, do Perifa Connection.

Financiamento do jornalismo independente

Festival Fala - Rosenildo Ferreira- Dani Moura- Elaine Silva- Rogério Christofoletti - jornalismo - mediação- mundo moderno- comunicação - jornalismo de causas

No dia 3, às 10 horas, com mediação do jornalista Rosenildo Ferreira, de 1Papo Reto, a mesa “Quem vai financiar o jornalismo independente no Brasilabre a programação do terceiro dia, com a participação da Daniele Moura, do Jornal Maré Notícias (RJ), Elaine Silva, do Alma Preta Jornalismo (SP), e Rogério Christofoletti, jornalista e professor da Universidade Federal de Santa Catarina. Serão discutidas as possibilidades de viabilização financeira para veículos engajados em causas.

Às 15 horas, a mesa “Diálogos Sul-Sul” discute a importância das pontes entre os veículos latino-americanos e fecha a programação de debates. Participam Cesar Bartiz, do jornal El Pitazo da Venezuela, Alecsandra Matias de Oliveira, pesquisadora do Centro Mario Schenberg de Documentação e Pesquisa em Artes (ECA USP), e Alejandro Valdéz, comunicador visual, diretor e co-fundador do El Surti, do Paraguai. A mediação será de Jessica Tamyres dos Santos, editora de relacionamento da Ponte Jornalismo.

Jornalismo de causas é nicho

Para os realizadores do festival, o jornalismo de causas ainda é um nicho nos principais encontros de jornalistas brasileiros. Laércio Portela, do portal Marco Zero e um dos idealizadores do FALA!, diz que é importante fortalecer o compromisso do jornalismo com a democracia, “sem as meias-palavras e omissões do passado recente”.

Mundo moderno e novas forma de mediação

Festival Fala - Rosane Borges - jornalismo - mediação- mundo moderno- comunicação - jornalismo de causas

Além dos painéis, o Festival FALA! oferecerá o curso “Jornalismo, o mundo moderno e as novas formas de mediação”, que será ministrado pela professora pós-doutora Rosane Borges, de terça-feira, dia 5, a sexta-feira, dia 8 de outubro. O curso será dividido em quatro módulos e cada tema contará com dois convidados. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas em https://inscricoes.sescsp.org.br/online/#/inscricao

Módulo 1:

Diversidade, Pluralidade e Inclusão: requisitos para um jornalismo democrático. . Facilitadoras: Jornalistas Maju Coutinho e Flávia Lima;

Módulo 2:

Ler e Dizer o Mundo de Forma Minimalista: as camadas do invisível e as narrativas de mulheres negras. . Facilitadoras: ativista Neon Cunha e Alane Reis, jornalista da Revista Afirmativa; 

Módulo 3:

Jornalismo e Novas Formas de Enquadramento: as experiências dos povos originários na captura e transmissão de imagens. Facilitadoras: artista e ativista Yacunã Tuxã, e poeta e geógrafa Márcia Kambeba;

Módulo 4

Música, Literatura e Dança: trançado de códigos que informam sobre o mundo. Facilitadores: cantora Fabiana Cozza e compositor Salloma Salomão.

Serviço

O FALA! – Festival de Comunicação, Culturas e Jornalismo de Causas é idealizado e organizado por quatro grupos de mídia independente: Alma Preta Jornalismo (SP), Marco Zero Conteúdo (PE), 1Papo Reto (SP) e Ponte Jornalismo (SP). A produção é da ZporZ e com apoio do Sesc-SP, Repórteres Sem Fronteiras, Open Society e Vai Voando.

As mesas do FALA!serão transmitidas no canal do Sesc: youtube.com/sescavenidapaulista; Portal Sesc:sescsp.org.br/avenidapaulista ; Instagram:@sescavpaulista

Leia também:

negrxs50mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *