Flup homenageia os 100 anos do modernismo negro, até 18 de fevereiro

Flup homenageia os 100 anos do modernismo negro, até 18 de fevereiro

Share With Your Friends

Redação – redacao@negrxs50mais.com.br

Começou nesta sexta-feira, 11, e segue até dia 18,  a 11ª edição da Festa Literária das Periferias, a Flup 2022. A programação do evento conta com shows, espetáculos de dança, mesas de debate e atrações infantis. O tema principal do evento é o modernismo negro, com homenagens a Lima Barreto, Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga e Josephine Baker. Nesta sexta-feira umas das atrações é o encontro entre Moacyr Luz e Leci Brandão, às 23 horas. As atividades estão distribuídas entre o Museu de Arte do Rio (MAR) e o Museu da História e Cultura Afro-Brasileira (Muhcab), com entrada gratuita.

Flup 2022 - modernismo negro - Moacyr Luz- Samba do Trabalhador - Leci Brandão- Festa Literária das Periferias

Os organizadores explicam que, no ano de comemoração do centenário da Semana de Arte Moderna, a Flup 2022 questiona a narrativa que estabelece o modernismo como um fenômeno centralizado em figuras da intelectualidade paulistana. “Sabemos hoje, porém, que o protagonismo “dos paulistas” é oriundo de um apagamento da diversidade cultural do Brasil, refletindo desigualdades históricas, como a marginalização da cultura negra.”

Pixinguinha um mestre batuta

Enquanto a Semana acontecia em São Paulo, Paris sediava o primeiro encontro de músicos negros na diáspora. Dele, fizeram parte Pixinguinha e seu grupo, o Oito Batutas – também formado por Donga, Raul Palmieri, Nelson Alves, China, Jacó Palmieri, José Alves Lima e Luis Pinto da Silva.

Flup 2022 - modernismo negro - Pixinguinha - Festa Literária das Periferias

Os brasileiros se encontraram com músicos norte-americanos, que saíram do Sul, foram para o norte dos Estados Unidos e emigraram para a França. Formou-se, então, um cenário de música negra, que resultou em um intercâmbio entre ritmos brasileiros, danças de salão do século XIX, jazz e expressões musicais caribenhas. 

Os músicos negros compartilharam o palco, trocaram instrumentos e criaram então uma nova música, feita de muitas misturas. A partir do encontro em Paris, Pixinguinha passou a tocar saxofone e dois instrumentos chegaram ao Brasil: o banjo e a bateria.

Nesta sexta, 11, mesmo dia em que Pixinguinha chegou à França em 22, haverá o lançamento da exposição biográfica “Pixinguinha: um maestro batuta”. A curadoria é de Julio Ludemir, Marcelo Campos e Maurício Barros de Castro. São apresentadas fotos, cartazes, reportagens e obras de artistas como Arjan Martins, Jaime Lauriano, Mulambo, Yhuri Cruz e o TTK, Rabisco do Santo Amaro. O ator, jornalista, escritor e sambista Haroldo Costa comandará uma mesa de debate.

Josephine Baker, feminista, antirracista e ícone LGBTQIAP+

A cantora e dançarina norte-americana Josephine Baker, que revolucionou o estatuto da mulher negra em suas quatro visitas ao Brasil é outra homenageada. Sua performance a credita como feminista antirracista e ícone LGBTQIAP+ de primeira hora. A Flup terá o dia 17 dedicado ao “ícone de uma década louca”. Haverá um espetáculo da atriz Aline de Luna, debate com Terri Francis, mulher negra dos EUA que escreveu a biografia de Josephine, e Audrey Pulvar, jornalista e escritora francesa. A Festa ainda contará com uma experiência Afrofunk, com Taísa Machado, a Josephine Baker pós-moderna, e sua ciência do Rebolado. 

O grande esquecido Lima Barreto e Chiquinha Gonzaga

Lima Barreto, o grande esquecido de 22 será homenageado no dia 18, na mesa “Heranças da Pequena África”, com a participação de Ynaê Lopes dos Santos, Tom Farias e Eduardo de Assis Duarte.  Falarão sobre uma elite negra que existiu na década de 20 e foi apagada. Morto em novembro de 1922, Lima teve na condição marginalizada o ponto de partida para a investigação da identidade nacional, retratada no clássico “Triste Fim de Policarpo Quaresma” (1911). 

Samba das matriarcas- Festa Literária das Periferias

O dia ainda terá um espetáculo com Leandro Santana (diretor do Muhcab). Um dia antes, Jaime Lauriano, Lilia Moritz Schwarcz e Pedro Meira debatem a exposição de cartazes produzidos a partir de 22 trechos de obras de Lima Barreto, que o trio ajudou a curar. A festa se encerra com uma homenagem à compositora e maestrina negra Chiquinha Gonzaga, muitas vezes embranquecida nos palcos e telas, feita pela cantora e compositora Juçara Marçal.

A efervecência cultural dos anos loucos carioca

A Flup trará um panorama da efervescência cultural da cidade do Rio de Janeiro na década de 1920, considerado “os anos loucos”. Discutirá como seus personagens contribuíram para o modernismo.
 
O Palco de Música será montado para a  apresentação de rodas de samba cariocas, incluindo o Samba das Rosalinas; Velha Guarda da Portela, show da cantora Teresa Cristina; Amaro Freitas; Majur; Dj Rennan da Penha; um coral gospel.

Flup 2022 - modernismo negro - Velha Guarda da Portela - Festa Literária das Periferias

Veja a programação completa

Sexta-feira, 11

15h30min

Abertura da exposição “Pixinguinha, um maestro batuta” Curadoria: Julio Ludemir, Marcelo Campos e Maurício Barros de Castro Local: MAR – Térreo e Quinto Andar

16h30min – 17h

Saudação aos Orixás – Local: MAR – Palco Debate

17h15min – 17h45

Mesa – Pixinguinha por Haroldo Costa – Local: MAR – Palco Debate

18h – 19h

Apresentação da Escola de Samba Vizinha Faladeira – Local: MUHCAB – Pátio

19h – 20h

Samba Retrô com Renan Oliveira – Local: MUHCAB – Pátio

19h – 20h30min

MESA – Fluxos transatlânticos – Alain Mabanckou – Kim Butler – Mediação: Luciana Diogo – Local: MAR – Palco Debate

20h30min – 22h

Show da Velha Guarda do Império Serrano – Local: MUHCAB – Pátio

21h – 22h

Samba que elas querem – Local: MAR – Palco Música

23h – 01h00

Moacyr Luz e Samba do Trabalhador recebem Leci Brandão – Local: MAR – Palco Música

Sábado, 12

15h30min – 17h

Cortejo Folia de Reis Flor do Oriente – Local: MAR – Palco Música

16h – 17h

Prêmio Maria Firmina dos Reis – Debate com Valeska Lins (ficção), Felipe Santana (poesia) e Elisiane dos Santos. Mediação: Karine Bassi – editora e criadora do prêmio – Local: MAR – Auditório

​17h – 18h45min

Roda de Samba da Pedra do Sal – Local: MAR – Palco Debate

17h – 18h

Apresentação do Grupo Cultural Caxambu do Salgueiro  – Local: MUHCAB – Pátio

​17h30min – 19h

MESA – Série Nova Semana de 22 – Colecionismo: os novos agentes negros da Arte Contemporânea Brasileira – Ademar Britto Jr. e Amanda Carneiro / Mediação: Sabrina Fidalgo – Local: MAR – Auditório

18h – 19h

Apresentação do Jongo da Serrinha – Local: MUHCAB – Pátio

19h – 20h30min

MESA – Uma Experiência Luminosa –  O Jazz, a Lei Seca e o Exílio em Paris – Jeffrey G. Ogbar e Anais Flechet / Mediação: Ale Santos – Local: MAR – Palco Debate

19h30 – 22h

Apresentação do Coco da Mãe Beth de Oxum – Local: MUHCAB – Pátio

21h – 22h

Apresentação da Velha Guarda da Portela – Local: MAR – Palco Música

23h – 00h30

Show de Teresa Cristina – Local: MAR – Palco Música

Domingo, 13

6h30min – 17h30min

Programação Infantil – Bailinho da Elis MC – Local: MUHCAB – Pátio

​16h – 17h

Experiência Afrofunk – MESA – Se quiser falar de amor, fale com homens pretos – Nego Bispo, Mauro Baracho e Rafael Mike – Mediação: Taisa Machado – Local: MAR – Palco Debate

16h – 17h30min

O Boi no Telhado – uma História das Vanguardas Francesas – com Anais Flechet e Audrey Pulvar – Mediação: Julio Ludemir – Local: MAR – Auditório

​16h – 20h

Sarau nas Alturas – Homenagem a Sonia Rosa – Local: Praça Mauá

17h30min – 19h

MESA – Série Nova Semana de 22 – Tomada de poder: o topo da arte contemporânea e os artistas negros – Marcia Falcão e Maxwell Alexandre / Curadoria e mediação: Sabrina Fidalgo – Local: MAR – Auditório

18h – 19h

Samba das Matriarcas – Local: MAR – Palco Música

18h – 19h

Contação de histórias – Nos Mares de João Candido – o Almirante Negro – com Graciana Valladares – Local: MUHCAB – Auditório

19h30min – 20h30min

Sarau da Esperança – Lançamento do livro “Cartas para Esperança”, resultado do processo formativo da Flup de 2021 – Local: MUHCAB – Pátio

19h – 20h30min

MESA – Da Expropriação à Reapropriação – Bonaventure Ndikung e Maboula Soumahoro / Mediação: Audrey Pulvar – Local: MAR – Palco Debate

​20h30min – 22h

Roda de Samba Nó na Madeira – Local: MUHCAB – Pátio

20h30min – 01h

Experiência Afrofunk – DJ MSE – Lekin – Big Bllakk – DJ Jonathan da Provi – Rennan da Penha  – MC Smith – DJ Trilogia do Santo Amaro – Local: MAR – Palco Música

Segunda, 14

16h – 17h30min

Mesa de glosas do Sertão do Pajeú – Performance poética coordenada por Luna Vitrolira – Local: MAR – Auditório

17h30min – 19h

MESA – Série Nova Semana de 22 – Ancestralidades imaginárias: construção de futuros e passados na arte negra – Aline Motta e Yhuri Cruz / Curadoria e mediação: Sabrina Fidalgo – Local: MAR – Auditório

18h – 19h

Roda de Choro Boemia Carioca – Local: MAR – Palco Debate

19h – 20h30min

Escrevivências em transe – Bixarte e abigail Campos Leal / Mediação: Alessandra Makkeda  – Local: MAR – Palco Debate

20h30min – 21h30min

Maíra Freitas e Jazz das Minas – Local: MAR – Palco Música

22h – 23h

Show do pianista Amaro Freitas – Local: MAR – Palco Música

Terça-feira, 15

16h – 17h

A hora do show – Stand up Comedy com Magano e Sonata – Local: MAR – Auditório

​17h – 18h30min

MESA – Série Nova Semana de 22 – Modernismo Negro: vanguarda e pós-modernidade no século XXI – Thayná Trindade e Eliam Almeida / Curadoria e mediação: Sabrina Fidalgo – Local: MAR – Auditório

​18h – 19h15min

Espetáculo teatral “Canções de amor de uma bixa velha” – de Márcio Januário – Local: MUHCAB – Auditório

19h – 20h30min

MESA – Josephine Baker – O ícone de uma década -Audrey Pulvar e Terri Francis / Mediação: Maboula Soumahoro  – Local: MAR – Palco Debate

​19h – 20h30min

Experiência Afrofunk – MESA – Do Afro ao Funk – Angélica Ferrarez, Rennan da Penha, Vitor Ogun Yandê – Mediação: Taísa Machado – Local: MAR – Auditório

19h30min – 20h30min

Roda de Samba pra Elas –Local: MUHCAB – Pátio

20h30min – 22h

Bloco Prata Preta – Local: MUHCAB – Pátio

20h30min – 22h

Batalha Vogue Josephine – Local: MAR – Palco Debate

22h – 23h

Show da Bixarte – Local: MAR – Palco Música

23h – 00h

Show da Majur – Local: MAR – Palco Música

Programação infantil

MUHCAB – SALA SONIA ROSA

17h – 17h30min

Palhaço Will Will

17h30min – 18h

Podcast LivroPod ao vivo com o ator mirim Miguel Ângelo e Pretinhas Leitoras

​18h – 18h30min

Crianças e suas leituras – Pretinhas Leitoras

18h30min – 19h

Lanche

19h – 19h30min

Contação de histórias – Anamô Soares

19h30min – 20h

Autora leitora – Sinara Rúbia lê uma obra de sua autoria e uma de autoria de Sonia Rosa

20h – 20h30min

CinemAniversário – Minioficina de cinema com Marco Aurelio Correa e Marcos Lamoreux

Quarta-feira, 16

14h – 15h30min

Perifaconnection na Flup

Perseguições religiosas: ontem, hoje e sempre, com Lúcia Xavier, Wesley Teixeira, Mãe Márcia Marçal e Murilo Araújo – Local: MAR – Auditório

17h30min

Batalha de Rima Marginow – Local: MAR – Palco Música

18h-19h

Sarau Transvibiliza  – Local: MAR – Auditório

19h-20h15min

Pocket Show “Josephine Baker – A Vênus Negra”, com Aline Deluna – Local: MUHCAB – Auditório

19h – 20h30min

MESA – Matriarcado das tias baianas – Eliana Alves Cruz e Flavia Oliveira – Mediação: Alessandra Tavares – Local: MAR – Palco Debate

20h30min -21h30min

“Dembaia” – Show performático – Local: MUHCAB – Pátio

20h30min – 22h

Encontro de Ogãs – Mais de 100 ogãs fazem homenagem ao Mestre Bangbala, o ogã mais velho do Brasil – Local: MAR – Palco Música

22h – 23h

Show de Awurê – Local: MAR – Palco Música

Quinta-feira, 17

14h – 15h30min

Perifaconnection na Flup

MESA – Tinta Preta – Camilla Rocha Campos, Elian Almeida e Gabriela Marinho – Mediação: Lidi Oliveira – Local: MAR – Auditório

16h – 17h30min

Ataque poético, com Carol Dall Farra, Sabrina Azevedo e Dudu Neves – Local: MAR – Auditório

16h30min – 18h

Experiência Afrofunk

MESA – Escola Insubmissa de Mulheres que trabalham com o corpo – Mc Naninha, Tai Rodrigues e Thay Flow / Mediação: Taísa Machado – Local: MAR – Palco Debate

18h – 19h

Apresentação do Coral Gospel Vocalis – Local: MAR – Palco Música

18h – 19h

Abertura da exposição “Essa minha letra: Lima Barreto e os Modernismos Negros” – Conversa com curadores Jaime Lauriano, Lilia Schwarcz e Pedro Meira – Local: MUHCAB

18h30min – 20h

Perifaconnection na Flup

MESA – A Elza que habita em nós – Sueli Carneiro, Eliane Dias e Silvana Bahia – Mediação: Thuane Nascimento – Local: MAR – Auditório

19h – 20h30min

MESA – Imaginação Infinita – Cíntia Guedes, Jota Mombaça e Nego Bispo – Mediação: José Fernando Peixoto de Azevedo – Local: MAR – Palco Debate

20h – 21h

Originais da Comédia – Stand up Comedy com Big Jão, Felipe Ferreira e Yas Fiorelo – Local: MUHCAB – Auditório

​21h – 22h30min

DJ LUMENA – Local: MUHCAB – Pátio

20h30min – 23h15min

Experiência Afrofunk

Baile Baker – Renata Batista – DJ Glau – MC TAYA – Slipmami – MC Naninha – Local: MAR – Palco Música

23h15min

Show Bonde das Maravilhas – Local: MAR – Palco Música

​23h45min

DJ Iasmin Turbininha – Local: MAR – Palco Música

Programação Infantil

MUHCAB – SALA SONIA ROSA

17h – 17h30min

Palhaço Will Will

17h30min – 18h

Podcast LivroPod ao vivo com ator mirim Miguel Ângelo

18h – 18h30min

Crianças e suas leituras – Elis Mc

18h30min – 19h

Lanche

19h – 19h30min

Contação de histórias – Luciana Nabuco

19h30min – 20h

Autora leitora – Taís Espírito Santo lê uma obra de sua autoria e uma de autoria de Sonia Rosa

20h – 20h30min

CinemAniversário – Minioficina de cinema com Marco Aurelio Correa e Marcos Lamoreux

Sexta-feira, 18

16h – 17h

Mesa das Rosalinas – Local: MUHCAB – Pátio

17h – 18h30min

Roda de Samba das Rosalinas – Local: MUHCAB – Pátio

17h – 18h30min

MESA – Heranças da Pequena África – Tom Farias, Eduardo de Assis Duarte e Ynaê Lopes dos Santos – Mediação: Rossi Alves – Local: MAR – Palco Debate

19h – 20h

Mesa – Histórias Amareladas – Sonia Rosa, Simone Mota e Vera Eunice – Local: MUHCAB – Auditório

19h – 20h30min

Palestra performance “Abre alas que eu quero passar” – Chiquinha Gonzaga por Juçara Marçal – Local: MAR – Palco Debate

20h – 21h

Espetáculo teatral – “Lima entre Nós, estudo compartilhado – A atualidade de Lima Barreto” – Local: MUHCAB – Auditório

20h30min – 22h45min

Baile Black Bom – Local: MAR – Palco Música

21h – 22h30min

Filhos de Gandhi – Local: MUHCAB – Pátio

23h – 00h

Rap e hiphop com BK’ – Local: MAR – Palco Música

​Programação Infantil

MUHCAB – SALA SONIA ROSA

17h – 17h30min

Palhaço Will Will

17h – 18h

Oficina de Abayomi

18h – 18h30min

Podcast LivroPod ao vivo, com atriz mirim Brunna Oliveira

18h – 18h30min

Crianças e suas leituras – Clubinho Preto

18h30min – 19h

Lanche

19h30min – 20h

Autora leitora – Luciana Nabuco lê uma obra de sua autoria e uma de autoria de Sonia Rosa

20h – 20h30min

CinemAniversário – Minioficina de cinema com Marco Aurelio Correa e Marcos Lamoreux – Exibição do filme produzido com as crianças.

​Sábado, 19

16h

Missa em memória de Pixinguinha

Missa a ser celebrada por padre Wanderson e concelebrada por padre Wilson Cosmo, responsável pela Pastoral Afro da Arquidiocese do Rio de Janeiro, frei Tatá e padre Jorge Paim. Local: Igreja Sagrado Coração de Jesus (Rua Benjamin Constant, 48 – Glória) 

Leia também:

negrxs50mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *